domingo, 9 de fevereiro de 2014

Qual veleiro comprar?

Escolhendo o veleiro certo


O desafio de escolher um veleiro é cheio de dúvidas. Será este ou aquele? Novo ou usado? Construção amadora ou em série? Quais detalhes devem ser considerados? A quantidade de dúvidas que surgem é enorme que as vezes nem se sabe por onde começar, afinal trata-se de uma escolha que poderá representar muita alegria ou uma enorme dor de cabeça!

Neste artigo estou trazendo um pouco de conhecimento que adquiri coletando informações com amigos, pesquisando na internet, conversando com representantes, lendo revistas específicas, todavia, não é um artigo 100% pronto, uma vez que decidi começar a pesquisar sobre qual seria o barco ideal para cruzeiro de longa distância, então, postarei novas informações.

Quem também estiver buscando informações para comprar seu primeiro barco ou pensa em trocá-lo e não sabe por onde começar, leia esse humilde artigo como ponto de partida. Destaco que não sou engenheira, nem mesmo uma velejadora experiente, mas, como planejo ter um veleiro para longas travessias que sonho em realizar em alguns anos, preciso começar a pensar no veleiro ideal desde já para ter tempo hábil para conseguir juntar dinheiro para comprá-lo e prepará-lo para realizar esse sonho!

Qual é o seu sonho?

Antes de tudo é preciso saber o que você realmente deseja: velejar ou viver confortavelmente abordo. É preciso analisar se o seu interesse é fazer longas travessias ou velejar dentro de uma baía. Há pessoas que não gostam de fazer longas velejadas. É preciso saber se o seu barco será para longas travessias ou não, o que irá determinar seu tamanho, a necessidade de mais conforto, tanque com mais capacidade de água e diesel e etc. Não deixe se convencer pelo perfil dos seus amigos, decida o que você deseja!

Lembre-se de que dependendo de onde irá velejar será preciso tirar uma nova habilitação de mestre ou capitão amador, compre livros específicos sobre a arte de velejar ou de longas travessias para saber os desafios enfrentados pelo autor nas longas velejadas. Acesse a página http://zabawasobreasondas.blogspot.com.br/p/dicas-de-leitura.html e veja várias dicas de leituras e filmes. Faça um curso de vela básica, contrate um charter para ir com a família para testar se todos terão prazer em velejar, depois compre um veleiro menor para confirmar seu interesse pela vela e adquira experiência, faça um curso de vela oceânica, veleje a noite, só então você saberá se realmente gosta de velejar ao ponto de investir uma quantia significativa na compra de um veleiro maior.

A importância da família

Se o seu sonho deve ser compartilhado com a família tenha certeza que eles realmente querem compartilhar com você. Conheço donos de barcos que a compra do veleiro separou a família, há mulheres que tem medo ou passam mal ao velejar. Imagine descobrir isso só depois de investir uns 300 mil na compra do veleiro?

Comprar ou construir? Quais são as possibilidades?

Comprar um projeto e construir meu veleiro: Esta opção depende de você ter tempo disponível, horas e horas a fio cuidando de detalhes, lixando, esperando a cura e a secagem, lixando novamente, etc. O ponto favorável é que você terá o controle sobre a questão orçamentária. O problema é o tempo que levará para você navegar; Há quem diga que a construção amadora é mais cara e demorada. Se você tiver uns 50 anos, acho que construir não é uma boa opção, conheço pessoas que levaram 10 anos para acabar de construir.

Comprar um projeto e contratar serviços profissionais para construir o veleiro: Esta opção é para aqueles que querem construir um barco inteiramente customizado para seu gosto, mas não tem tempo ou habilidade para isso. O prazo final pode ser reduzido. Mas lembre-se que antes de fechar com o estaleiro você deve buscar conhecer outros clientes do mesmo estaleiro que tem barcos recentemente construídos e, especialmente, os barcos construídos a mais de 5 anos.

Comprar um veleiro produzido em série: A principal vantagem aqui é que se começa a navegar logo na entrega da embarcação. Outra vantagem deste modelo de aquisição é que barcos em série já tem soluções para a maior parte dos problemas ocorridos na navegação. Escolha um estaleiro que tenha projeção e que possa atender sua demanda de manutenção a longo prazo. A grande desvantagem é a questão orçamentária que implicaria em um grande investimento inicial. Estude a possibilidade de financiamento, os bancos possuem taxas menores para financiar barco novo, é o mesmo raciocínio que financiamento de carro.
Em suma, antes de procurar veleiros disponíveis no mercado você tem de saber se você é daqueles que possui conhecimentos manuais para construir seu próprio veleiro e possui tempo suficiente para investir neste sonho, lembrando que as pessoas normalmente levam de 5 a 10 anos para concluir a construção. No ano passado, antes de comprarmos o Zabawa, pensamos em construir, mas, quando constatamos que todos os que conhecemos levaram entre 5 e 10 anos, desistimos porque eu já tenho 43 anos e meu marido 50, pensar de começar a usufruir o barco apenas quando ele tivesse 60 anos nos fez desistir, risos.

Que tipo de barco: regata ou cruzeiro

O barco de regata é um barco mais veloz. Nesse caso irá sacrificar algum conforto interno porque esses barcos tem menos peso e velejará com mais emoção porque os barcos de regatas possuem uma área vélica maior. Lembre-se que um barco de regata o foco é a velocidade!

Já o barco de cruzeiro é mais com o confortável e primam mais pela segurança. Outra coisa, conforto e segurança são coisas que não andam necessariamente juntas. Você também precisará fazer algumas escolhas em relação a isto.

Ao escolher uma embarcação de cruzeiro será necessário escolher um tipo específico de barco de cruzeiro, pois essa é a decisão mais importante que você deve ter, lembrando que pode ser um barco de cruzeiro apenas para velejar pela costa ou um barco para travessia de oceanos, o que torna necessária analisar a autonomia de combustível e água que varia muito mesmo em barcos de cruzeiros fabricados na mesma época.

Não tenha pressa, o processo de estudar, entender, experimentar um barco de cruzeiro leva no mínimo 1 ano. Você deve velejar no barco pretendido e se a compra recair sobre um barco usado você deve contratar um profissional especializado para examinar o barco.

Tenha em mente que se você fizer uma escolha errada, sendo o barco novo ou usado, você pode ter vários problemas que vão desde problemas estruturais, vazamentos, travessias muito lentas e cansativas, reparos sem fim e ao final um péssimo preço de revenda.

Tamanho ideal de Barco

Dois pontos muito importantes que devem ser lembrados na hora de escolher o barco são: tamanho e custo. O tamanho do barco que você escolher afeta diretamente seus custos de cruzeiro a curto, médio e longo prazo, não somente no valor do investimento inicial também nas despesas de cruzeiro.


É preciso entender que preparar um barco para um cruzeiro longo pode facilmente alcançar de 30% a 50% do valor do próprio barco. São muitos os equipamentos essenciais incluindo velas sobressalentes, salvatagem, eletrônicos, comunicações, custos de manutenção e instalação, motores de poupa, equipamentos de mergulho e de pesca, conforto pessoal, refrigeração, gerador de energia, painel solar, gerador eólico, catracas elétricas, piloto automático, e muito mais.

Bons Ventos! Na próxima semana farei um novo post continuando a saga da escolha do barco ideal.